Translate

Loading...

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Merryl Custers(australian) creating in ARTErra


Merryl Custers completou o curso de Belas Artes em 2013 e tem trabalhado predominantemente em programas com a comunidade, e ao longo dos ultimos 6 anos colaborou em murais, intervenções em espaços públicos e design de cena conceptual.

Pintora de coração, o seu trabalho em estúdio envolve a sua fascinação e atenção pelas normas sociais, tanto cultural como visualmente.

" Através da manipulação e interpretação visual , procuro desconstruir as normas e práticas que fazem parte do" instinto animal humano para se "encaixar" socialmente.
O que significa a procurar " aceitação social" ?Como é que isso é para si??
O que isso me faz sentir?
Ao envolver-me no simbolismo que os animais e objetos evocam através da arte, eu esforço-me a explorar a sociologia e a psicologia circundante à identidade cultural , práticas sociais  humanidade profunda. "


+INFO www.merrylcusters.com


Having completed a Bachelor of Fine Arts from ECU, Perth in 2013, Merryl Custers has worked predominantly in community art programs over the last six years, specialising in conceptual stage design, murals and public spaces.

A painter at heart, Merryl's studio work indulges her life-long fascination with societal norms, both visually and culturally. 

"Through visual manipulation and interpretation, I seek to deconstruct the social norms and practices which form part of the human 'animal instinct' to 'fit in'. 
What does it mean to seek 'social acceptance'?
What does this look like for you?
What does this look like for me?
By engaging in the symbolism that animals and objects evoke through art, I endeavor to explore the sociology and psychology surrounding cultural identity, social practice and deepest humanity."

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Nina Hurny Lima (escultora) no ARTErra a criar MENinas

"Foi com muita alegria que recebi a confirmação da minha estadia em ARTErra/Tondela. Espero por dias intensos de muita criatividade!Estou positivamente ansiosa pela oportunidade de trabalhar com, conhecer e sentir uma outra “terra”, a “terra preta”... e com ela dar forma e corpo a minha inspiração, lembranças e sentimentos! Estou também curiosíssima para ver o resultado do modo particular em que a argila será mais tarde queimada!Comecei desde muito nova meu trabalho com modelamento de argila. Antes mesmo de terminar o liceu, abri meu pequeno atelier, três pequenas salas comerciais de uma casa de enxaimel medieval  (Fachwerkhaus) em Paderborn, no meio norte da Alemanha. Lá, paralelamente a pintura, que sempre foi o meu meio de expressão principal, produzi várias pequenas esculturas.Viagens pela região do Mediterâneo, Oriente Médio e América do Sul, as impressões de tantas paisagens, culturas, pessoas e músicas têm sempre influenciado fortemente minha arte. A Música é simplesmente essencial quando eu estou a criar. Ela permite-me imergir e viajar no fluxo da inspiração. Experiências vividas e impressões serão então transpostas nas telas ou nas formas da argila. Minhas exposições foram exclusivamente feitas no meu aterlier ou em casas privadas, na Alemanha em Paderborn, Munich, Regensburg; em São Paulo, no Brasil, ou no Porto, Portugal. Sinto-me especialmente ligada a Portugal. Os três anos que vividos no Porto, de 2011 a 2014, foram extremamente inspiradores e férteis, levando minha arte a um outro nível de produção. Desde janeiro de 2014, voltei a me dedicar intensivamente a modelagem de corpos em argila e a sua reprodução em bronze. Daí surgiu “MENinas”... https://www.facebook.com/pages/Nina-Hurn%C3%BF-Pimenta-Lima-MENinaS/671917379558527?ref=aymt_homepage_panel
Tenho certeza que no  ARTErra, encontrarei todas as condições que preciso para abrir a “válvula”das emoções e traduzi-las em Arte!Estou a contar os dias que faltam para estar ai!"



"It was with great joy that I received confirmation of my stay in ARTErra-  Tondela. I hope by intense days of great creativity! I am positively looking forward to the opportunity to work with, know and feel another" land ", the" black clay ".. . and with her body shape and my inspiration, memories and feelings! I am also very curious to see the result of the particular way in which the clay will later be burned! I started from an early age my work with clay modeling. Before you even finish high school, I opened my little studio, three small commercial offices of a medieval half-timbered house (Fachwerkhaus) in Paderborn in northern half of Germany. There, alongside the painting, which has always been my main means of expression, producing several small sculptures .Viagens by mediteraneo region, Middle East and South America, impressions of many landscapes, cultures, people and music have always strongly influenced my art. Music is simply essential when I'm creating. It allows me to immerse in and travel inspiration flow. Experiences and impressions will then be transposed on screen or in clay forms. My exhibitions were exclusively made in my atelier or in private homes, in Germany in Paderborn, Munich, Regensburg; in São Paulo, in Brazil, or in Porto, Portugal. I feel especially connected to Portugal. The three years he lived in Porto, from 2011 to 2014, were extremely inspiring and fertile, taking my art to another level of production. Since January 2014, I returned to me intensively dedicating to modeling in clay bodies and their reproduction in bronze. Hence arose "MENinas" ... https://www.facebook.com/pages/Nina-Hurn%C3%BF-Pimenta-Lima-MENinaS/671917379558527?ref=aymt_homepage_panel

I'm sure the air-ground, meet all the conditions that need to open the "valve" of emotions and translate them into art! I'm counting the days until be there!


segunda-feira, 9 de março de 2015

Diana Vega- Dialogues in ARTErra

Diana Vega é o nome da nossa próxima residente, colombiana a viver e a trabalhar na Alemanha. O seu processo de trabalho foca-se na multiplicidade de relações que o corpo cria com os objectos num determinado espaço.  A Fotografia, performance e collage tem sido a base para a exploração do seu trabalho.
" Durante a minha residência no ARTErra explorarei a paisagem do local em collage. Estou interessada nas múltiplas narrativas que são criadas em contextos diferentes, dependendo das caracteristicas fisicas e as relações que cada individuo realiza nas suas rotinas. Interessa-me explorar a cor e texturas emergindo assim na ambiência da paisagem  observando a configuração do espaço e tempo. O meu objectivo é estabelecer um constante diálogo com as imagens que trabalho (collages) e criar discussão sobre a sua composição, transmitindo sentidos e gerando novas possibilidades e novos niveis de observação."
Diana Milena Vega is a colombian artist who is living and working in Germany at the moment.Her working process is focussing on the multiple relations between the body and the objects in acertain space. The photography, performance and collage have been her base and experimentation.“During my residence in ARTErra I will realize a collage work basing upon the landscape of theplace. I am interested in the multiple narratives which are created in different contexts, dependingon the physical characteristics and the relations which establish individuals in their daily living. Iam interested in exploring the colours, textures and the immersed mood in the landscape,observing the configuration of space and time.My aim is to establish a constant dialogue with the images I worked on, from Collages, andgenerate a discussion through its composition, transmitting the found sensations and generatingnew possibilities of images and new levels of observation.”

+INFO

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

2015 CALL FOR ARTISTS (ongoing to 1st March)



ARTErra rural artistic residency is a multidisciplinary hosting program in the North/Center Portugal. Several work spaces and different facilities and services are provided to the artists to develop the work project proposed. 
We are happy to help you finding in our residency the perfect conditions and reatreat for your artistic process.
You can apply for a residency for 2015.

  To apply the following elements (you can send by email )

- C.V. artist(s) and Bio
- Portfolio, videos, photos
- Description of the project to be undertaken ARTERRA out, including the project's objectives, needs and expectations of residence and all the details necessary to understanding the proposal.
- Dates and Duration(nº of days,weeks) of residence(2 options)we still have vacancies for march, april and may.
- Details (needs for meals, work characteristics,tools, number of persons,,nº of rooms,work methodologies, additional information relevant to the work process)

After i have all this information i will budget the stay. We are open all year.
I can tell you as a reference price  that 1 week 1 person in a single room is approx 150€.(+23%Vat) and 2 persons in a double room is approx 240€(+23%VAT)
Extra Day- 35€ 1 person

For more information visit our website or send us an email
MAIL:arterra.geral@gmail.com
SITE: www.arterra.weebly.com

Julia Montyka@ARTErra residency" Breakwater" Project -4 weeks Feb/March 2015

Julia Motyka é actriz,escritora e ativista norte americana.
O seu trabalho tem sido visto em NYC Off- Broadway e em alguns dos principais teatros regionais de seu país. Ela ganhou prêmios de desempenho em San Francisco e Denver, e foi nomeada , em Los Angeles
Julia Motyka-
 "Eu estou vindo para Arterra para trabalhar nomeu monologo multi- media , "Breakwater", que é uma performance  multi- disciplinar sobre a maleabilidade da memória e do seu impacto na nossa narrativa pessoal individual e de bem-estar mental.
Estou completamente absorvida pela maneira como a memória funciona : como ela se transforma ao longo do tempo e como ela nos informa o que conhecemos a nós mesmos para ser. Estou igualmente fascinada pela doença mental - particularmente a amplitude e a intensidade da doença mental nas mulheres da minha família- e sua relação com a memória. Se , para o momento , definimos a memória como a história que contamos sobre nossas vidas , quão profundamente  estas histórias- sejam elas baseados em mito pessoal ,  famíliar ou social- nos dizer quem éramos, somos , e nos estamos tornando ? Tecendo o conteúdo de áudio de várias entrevistas de membros da minha família , com os meus próprios pensamentos , lembranças e percepções , esta performance multimedia funciona como um cérebro coletivo contendo diferentes versões das muitas verdades do passado da minha família e presente tanto com a loucura e da vida. Podemos mudar o futuro , mudando a nossa forma de contar a história do passado?


 Is a US-based actress, writer, and activist with a national reputation. Her work has been seen in NYC Off-Broadway and in some of her nation’s top regional theatres. She’s won performance awards in San Francisco and Denver, and been nominated in Los Angeles.

"I’m coming to ARTErra to work on my multi-media solo piece, Breakwater, which is a multi-disciplinary solo performance piece about the malleability of memory and its impact on our individual personal narrative and mental wellbeing.

I am completely taken with the way memory works: how it mutates over time and how it informs who we know ourselves to be. I am equally fascinated by mental illness - particularly the scope and degree of the mental illness in the women of my family- and its relationship to memory. If, for the moment, we define memory as the story we tell about our lives, how deeply do these stories- be they based on personal myth, family lore, or society’s ideals- tell us who we were, are, and are becoming? By weaving the audio content of various interviews of my family members with my own thoughts, memories, and perceptions, this multi-media solo performance piece operates as a collective brain containing different versions of the many truths of my family’s past and present tango with madness and life.  Can we change the future by changing the way we tell the story of the past?"

+INFO www.juliamotyka.com

domingo, 14 de setembro de 2014

Rosanna Moreda (escritora Uruguai)


Rosanna Moreda publicou ata o momento dous ensaios nas Editoriais Fapa

(Barcelona, 2006) e Mandala (Madrid, 2013) e un poemario en Versos &

Reversos (Barcelona, 2010).

Na actualidade traballa nunha novela familiar, así como nunha Antoloxía

poética con 14 participantes, cada un ou unha asociada/o a un lema.

Gústalle pensar neste proxecto en relación coa “auga viva” como se di no

país da súa nai: Uruguai (augamar en galego) pero sen picadela, ou en

todo caso que contaxie moita enerxía e colaboración, as grandes claves dos

nosos tempos. Tamén colaborou e colabora en revistas literarias varias, e

fixéronse referencias ás súas obras/artigos en medios como a recoñecida

revista venezolana Letralia Tierra de Letras (2012). Porén, a súa actividade

literaria estivo sempre moi entrelazada coa súa ampla experiencia na

Intervención social e no Ensino.

As veces que combinou o seu labor creativo co traballo con poboacións

marxinalizadas como é o caso da súa experiencia como formadora nun

obradoiro de escritura creativa no cárcere catalán de 4 Camins (2010);

sentiuse chea.

No entanto, a escritura é unha máis das súas facetas, pois aférrase á

máxima de Susan Sontag "para escribir é prioridade vivir". Está segura que

atopará en ARTErra , concentración e paralelamente redes de

creación cultural moi oportunas para a busca de participantes dentro da

poesía de acción; así como unha natureza idílica que invita plenamente a

escribir.

+INFO: http://rosannamoreda.blogspot.com.es/
FB: https://es-es.facebook.com/pages/Rosanna-Moreda/1392274997677507 
Foto de: IRIA OTERO

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Akiko Ono (choreographer) from Japan to ARTErra


Akiko Ono é uma bailarina/coreografa japonesa de tóquio que nos últimos anos tem desenvolvido trabalho em Londres.
Está muito interessada em explorar as nossas atmosferas, música e ideias que transformam o movimento e a forma como reagimos aos mesmos.
O objectivo desta residencia é perceber até que ponto o ambiente inspira as pessoas.
SITE:   https://vimeo.com/80495904

 " As a choreographer, I am very interested in what kinds of tasks, atmosphere, music and ideas makes dancers move and how they response  to them.  The main question in this project is how does specifically created space inspire people ? In this residency I create meditative and interesting space  & dance at that space ,and share this space with people to explore the body,feeling and movement at the space. I hope to have a session with people on  end of my residency."

Porquê,o quê, para quê, a quem, como , onde. Why,What,for,whom,how,where?

1.PORQUÊ?
Why?

Este espaço de criação e formação artística surge de uma necessidade de encontrar espaços físicos onde os artistas se possam encontrar e reflectir sobre os processos criativos, e desenvolvê-los de uma forma intensiva e focada.
O ARTErra é uma iniciativa privada.
Numa lógica de laboratório, o artista encontra no Arterra uma casa com uma serie de comodidades, um quintal de criação, onde existem espaços vários para a criação e desenvolvimento de um trabalho artístico, e a possibilidade de apresentação do projecto desenvolvido ao público.

This space for creativity and artistic training comes from a need for physical spaces where artists can meet and reflect on the creative processes, and develop them in an intensive and focused way.
The ARTERRA is a private initiative.
The artist finds in ARTERRA a house with a series of facilities,and a creation of a yard, where there are several spaces for the creation and development of an artistic work, and the possibility of introduction of the developed to the public.


2. O QUÊ? What?

Neste espaço procuraremos facultar aos artistas e aos projectos todas as condições para o desenvolvimento do processo criativo.
O Arterra tem condições físicas e técnicas para proporcionar a realização de diversos focos de trabalho artístico, desde concepção de exposições, criação teatral, atelier e workshops, formação...

In this space we will seek to provide artists and projects all the conditions for the development of the creative process.
The ARTERRA has physical and technical conditions to be realized by several outbreaks of artwork, from design exhibitions, theatrical creation, studio and workshops, training...




3. PARA QUÊ? What for?

Para que a criação em comunhão com a natureza seja uma realidade, para fomentar uma dinâmica de grupo estrita, para trabalhar em residência num ambiente rural.
Diversificar e descentralizar a oferta cultural.
Desenvolver acções e formações que contribuam para a qualificação dos profissionais do sector artístico.

For the creation in communion with nature is a reality, to foster a dynamic group strictly for work in residence in a rural environment.
Diversify and decentralize the cultural offer.
Develop training activities and contributing to the qualifications for the arts.


4. A QUEM? To whom?

Este espaço destina-se a profissionais das diferentes áreas artísticas, entidades ou criadores independentes, portugueses e estrangeiros.
Pode também excepcionalmente receber projectos de formação para público em geral e para crianças

This space is intended for professionals from different artistic areas, groups or independent creators, Portuguese and aliens.
You can also receive exceptional training projects for the general public and for children


5.COMO?How?

Para a candidatura deverão constar os seguintes elementos:

- C.V. do artista

- Portfolio, vídeos, imagens…

- Descrição do projecto a desenvolver no ARTErra, onde constem os objectivos do projecto, necessidades e expectativas da residência e todos os pormenores necessários á compreensão da proposta.

- Datas e Duração da residência pretendidos (minimo 2 dias,máximo 6 meses)

- Detalhes (necessidade de refeições, especificidades do trabalho, nº de pessoas, informações suplementares relevantes ao processo de trabalho)

The application must contain the following elements:


- C.V. artist
- Portfolio, videos, photos ...
- Description of the project to be undertaken ARTERRA out, including the project's objectives, needs and expectations of residence and all the details necessary to understanding the proposal.
- Dates and Duration of residence
- Details (need for meals, work characteristics, number of persons, additional information relevant to the work process)



6. ONDE? Where?


Esta estrutura situa-se numa aldeia no concelho de Tondela, distrito de Viseu. (PORTUGAL)

Morada:Address
R.Nossa Srª. do Crasto,Nº380
Lobão da Beira
3460-207Tondela

MAIL:arterra.geral@gmail.com

SITE:http://arterra.weebly.com/

Tlm-(351)963779054

Está a 2h30 de carro de Lisboa, 1h do Porto e Aveiro, 45m de Coimbra e 15m de Viseu.


Coordenadas:
Latitude: 40°31'15.86"NLongitude: 8° 1'57.64"W