Translate

Loading...

quinta-feira, 20 de Março de 2014

ESCAPE to Beira 24 a 29 de Abril

Troy Hourie escapou-se para Lobão da Beira - Tondela para mergulhar numa nova cultura e construir uma peça / instalação baseada nas suas experiências . Ele é um cenógrafo e artista visual canadiano e americano com interesses particulares nos temas da maravilha, imersão, espectador e intermedialidade . Ele leverá a cabo a implementação de uma série de dispositivos históricos da maravilha para criar uma instalação interativa na Galeria Casa de Vidro na praça da aldeia de Lobão da Beira (Largo Cândido de Figueiredo) .

Mergulhando numa cultura diferente e novo ambiente , ele irá documentar momentos e memórias da sua jornada. Coletivamente, essas imagens serão manipuladas e sobrepostas em camadas para impressões que evocam a essência dos espaços locais de cultura e físicos na região da Beira . O trabalho derivado vai abraçar as qualidades de surpresa e permitir o trabalho evoluir organicamente. Todo o processo será documentado com desenhos, colagens, fotografias e vídeos. Finalmente estes elementos irão culminar numa experiência de instalação totalmente imersiva que vai levar o espectador a um desafio para reencontrar a sua comunidade.

Durante o processo, ele convida os membros da comunidade a visitá-lo no Lg. Cândido de Fig. e ver o andamento do trabalho como ele constrói a obra de arte . Embora ele não fale Português, irá encontrar formas de se comunicar com aqueles que desejam envolver-se com o seu trabalho.


Ele convida os interessados a participar em dois projetos que farão parte da exposição final. Num dos projetos, ele gostaria de fotografar os rostos de moradores da região. Para o outro projeto gostaria de conhecer e entrevistar moradores sobre seus lugares de refúgio pessoais e as atividades que lhes permitem escapar das suas vidas profissionais. Por favor, envie por e-mail ou a qualquer momento para estabelecer um tempo para se reunir com Troy sobre qualquer um desses projetos.



Aqui estão algumas datas de interesse no que diz respeito a "Escape to Beira".



Exposição # 1 - Reflexões Cenográficas - Aberto 16 de março apresentação fotografias & Modelos para Teatro

Exposição # 2 - O Processo Criativo - Aberto 30 de março Apresentação fotografias e desenhos

Exposição Final - ESCAPE TO BEIRA - Aberto 24 a 29 abril

Caça ao Tesouro - 26 de abril de actividades para crianças , vencedor ganha um boneco construído pelo artista, mas todos os participantes receberão um prémio .



Para ver alguns dos trabalhos de Troy ver seu site em http://troyhourie.com/

Enviar-lhe um mail - troyhourie@gmail.com

quarta-feira, 19 de Março de 2014

Call for Artist 2014-Chamada para Artistas 2014


Podes ajudar-nos a espalhar a palavra?
 
2014 Chamada para Artistas
O ARTerra é uma residencia artística onde os artistas são acolhidos para desenvolver os seus projetos.
Faça a sua candidatura, contacte-nos e encontre no nosso espaço um local pensado para  que a criação artistica se possa adaptar a distintos desafios.
Mais informação no nosso site e redes sociais.
Data limite de candidaturas, 15 de Abril
Can you help us spread the word?
2014 Call for Artists (Multidisciplinary artist residency in Portugal)
Mail- arterra.geral@gmail.com
Site: www.arterra.weebly.com


"ARTErra is a artistic center in Portugal where artists are welcome to develop they´re projects. Make your applications, contact us and find in our center a place that is thought for artists and that adapts for different challenges.
More information can be found in our website,blog and social networks.
Contact and join us for a residency,deadline 2014 (15th April)
Mail- arterra.geral@gmail.com
Site: www.arterra.weebly.com

sexta-feira, 7 de Fevereiro de 2014

Troy Hourie @ ARTErra for 8weeks. "Escape to Beira"

"O trabalho proposto para a residência iria investigar o tema de estar "perdido em admiração". Ao mergulhar numa cultura diferente e novo ambiente , eu irei documentar momentos e memórias da minha jornada. Coletivamente, essas imagens serão manipuladas e colocadas em  camadas para criar impressões que evocam a essência dos espaços e locais de cultura e físicos na região da Beira . Encontrando-me perdido em um novo ambiente para o qual  viajei para me inspirar numa jornada de novas descobertas. O trabalho  abraçarà as qualidades de surpresa e permitirei que se desenvolva organicamente. Todo o processo será documentado com esboços, colagens, fotografias e vídeos.

Seria fantástico , não só para agir como um voyeur, mas envolver-se com os moradores durante todo o processo . Meu estúdio estará aberto a moradores locais e espero proporcionar um ambiente acolhedor , onde podem partilhar os seus próprios sonhos, memórias e métodos de escapar na Beira. Memórias de experiências semelhantes, presentes e passadas, inerentemente transportar diferentes circunstâncias e significado para os indivíduos que realmente as experimentaram .

Usando a tecnologia , vou tentar apresentar momentos simultâneos de tempo e perspectiva. Parte deste projeto irá explorar maneiras de combinar espaço virtual e real, como um instrumento para criar um ambiente multi- sensorial em busca de uma experiência compartilhada entre a mim mesmo como o criador e os espectadores da instalação. Eu voltaria a olhar para o uso de dispositivos de históricos de admirar como ferramentas para encapsular momentos de descoberta artística. Esses estudos poderiam, então, culminar em uma experiência de instalação totalmente imersiva que levaria o espectador na viagem para redescobrir sua comunidade.



Sou um cenógrafo trabalhar tanto como um designer de desempenho e artista de instalação. Formado em história da arte, arquitetura e design de teatro, eu  fundi-me estas disciplinas para uma prática artística que incide sobre a relação do corpo com o espaço tridimensional e em como ele interage com a tecnologia.

Meu trabalho atual gira em torno dos temas da maravilha, imersão, espectador e intermedialidade . Em busca da construção de uma experiência visceral para o espectador , o meu trabalho especula evocando elementos da maravilha, acaso e descoberta no processo criativo pode levar a uma participação integrada e pensada pelo seu espectador.

Espaço cenográfico , para mim, sempre abraçou a noção de " realidades construídas ' , se é uma maquete para o teatro , um gabinete, ou uma instalação de galeria. A estratificação dos espaços físicos e digitais com o corpo funciona como uma colagem tridimensional para mergulhar o espectador em uma posição reflexiva em que a mente está mais receptiva ao pensamento abstrato e experiências.

Muito do meu trabalho capta momentos de meus próprios sonhos e pesadelos ou é inspirado por imagens em textos e músicas que evocam uma resposta emotiva forte . Porque meu trabalho é um reflexo das minhas próprias preocupações , eu conscientemente tento inserir-me como o criador de alguma forma no processo. A natureza complexa do sonho permite um processo de construção de imagem , onde as narrativas não são formados de uma forma linear , mas através de uma exploração orgânica. As imagens são criadas em primeiro lugar, em seguida,são  desconstruídas e reconstruídas  para conjurar contemplação única para o espectador do que resta ."

Troy
Website: http://troyhourie.com/
Project Name: “Escape to Beira”, a Performative Art Installation
Abstract:
"My proposed work for the residency would further investigate the theme of being lost in wonder.  In immersing myself in different culture and new surroundings, I would be documenting moments and memories of my journey. Collectively, these images will be manipulated and layered to draw out impressions that will evoke the essence of the local culture and physical spaces in the Beira region. Finding myself lost in a new environment that I have not travelled to would inspire me on a journey of new discoveries. The derived work would embrace the qualities of surprise and allow for the work evolve organically. The entire process would be documented with sketches, collages, photographs and video.
It would be fantastic to not only act as a voyeur, but to engage with residents throughout the process. My studio will be open to local residents and I hope to provide an inviting environment where they can share their own dreams, memories and methods of escaping in Beira.  Memories of the similar experiences, both present and past, inherently carry different circumstances and meaning to the individuals whom actually experience them.
Using technology, I will attempt to present simultaneous moments of time and perspective. Part of this project will explore ways to combine virtual and real space as an instrument to create a multi-sensory environment in search of a shared experience between the myself as the creator and the viewers of the installation. I would again look to the use of historical devices of wonder as tools to encapsulate moments of artistic discovery. These studies could then culminate in a fully immersive installation experience that would take the spectator on journey to rediscover their community.
Artist Statement:
I am a scenographer working as both a performance designer and installation artist. Trained in art history,architecture and theatre design, I have merged these disciplines to an artistic practice that focuses on the relationship of the body to three-dimensional space as it interacts with technology.

My current work revolves around the themes of wonder,immersion, spectatorship and intermediality. In search of building a visceral experience for the viewer, my work speculates that evoking elements of wonder, chance and discovery in the creative process can lead to an engaged and thoughtful participation by its viewer.

Scenographic space, for me, has always embraced the notion of ‘constructed realities’, whether it is a maquette for theatre, a cabinet of wonder or a gallery installation. The layering of physical and digital spaces with the body works like a three-dimensional collage to immerse the spectator into a reflective position where the mind is more receptive to abstract thought and experiences.
Much of my work captures moments from my own dreams and nightmares or is inspired by images in texts and music that evoke a strong emotive response. Because my work is a reflection of my own preoccupations, I consciously attempt to insert myself as the creator in some form into the process. The convoluted nature of dreaming permits a process of image building where narratives are not formed in a linear fashion but through an organic exploration. Images are first created, then deconstructed and rebuilt aspiring to conjure unique contemplation for the spectator from what remains."

Troy

terça-feira, 14 de Janeiro de 2014

2014 Call for artists

Arterra is a private multidisciplinary rural artistic residency in north/central Portugal.
We are placed in a very green and quiet village with privileged connections between the local community and Tondela the nearst city (5km´s).
Our residency as different work rooms and possibilities.
Artists can apply to our residency contacting by email (arterra.geral@gmail.com) and sending the requested materials and application forms.
To learn more about us visit our website,blog and facebook pag. "
http://arterra-residencias.blogspot.pt/

https://www.facebook.com/pages/ARTErra-Resid%C3%AAncias-Rurais-Art%C3%ADsticas/147825495357




To apply:

I ask artists to send me all the following elements to apply to our residency:(you can send by email ongoing)
- C.V. artist(s) and Bio
- Portfolio, videos, photos
- Description of the project to be undertaken ARTERRA out, including the project's objectives, needs and expectations of residence and all the details necessary to understanding the proposal.
- Dates and Duration of residence(2 options)
- Details (needs for meals, work characteristics,tools, number of persons,,nº of rooms,work methodologies, additional information relevant to the work process)

After i have all this information i will budget the stay. We are open all year.
I can tell you as a reference price  that 1 week 1 person in a single room is approx 150€.(+23%Vat) and 2 persons in a double room is approx 240€(+23%VAT)

segunda-feira, 23 de Dezembro de 2013

sexta-feira, 29 de Novembro de 2013

Apresentação de Espirito Santo Maurício - "Como Nós Somos"


Terá lugar no Largo Dr. Cândido Figueiredo, no próximo dia 1 de Dezembro, domingo, pelas 12:30, a performance de Espírito Santo Maurício.  Uma perfomance aberta ao público onde não há espectadores, para que todos possam funcionar como um grupo, para uma improvisação livre da dança de contacto. 

Will be held at Largo Dr. Cândido Figueiredo, on the 1st of December, Sunday at 12:30 the perfomance of Espírito Santo Maurício. A perfomance open to public participation. There are no viewers, we open ourselves as group to improvise in contact dance.




Porquê,o quê, para quê, a quem, como , onde. Why,What,for,whom,how,where?

1.PORQUÊ?
Why?

Este espaço de criação e formação artística surge de uma necessidade de encontrar espaços físicos onde os artistas se possam encontrar e reflectir sobre os processos criativos, e desenvolvê-los de uma forma intensiva e focada.
O ARTErra é uma iniciativa privada.
Numa lógica de laboratório, o artista encontra no Arterra uma casa com uma serie de comodidades, um quintal de criação, onde existem espaços vários para a criação e desenvolvimento de um trabalho artístico, e a possibilidade de apresentação do projecto desenvolvido ao público.

This space for creativity and artistic training comes from a need for physical spaces where artists can meet and reflect on the creative processes, and develop them in an intensive and focused way.
The ARTERRA is a private initiative.
The artist finds in ARTERRA a house with a series of facilities,and a creation of a yard, where there are several spaces for the creation and development of an artistic work, and the possibility of introduction of the developed to the public.


2. O QUÊ? What?

Neste espaço procuraremos facultar aos artistas e aos projectos todas as condições para o desenvolvimento do processo criativo.
O Arterra tem condições físicas e técnicas para proporcionar a realização de diversos focos de trabalho artístico, desde concepção de exposições, criação teatral, atelier e workshops, formação...

In this space we will seek to provide artists and projects all the conditions for the development of the creative process.
The ARTERRA has physical and technical conditions to be realized by several outbreaks of artwork, from design exhibitions, theatrical creation, studio and workshops, training...




3. PARA QUÊ? What for?

Para que a criação em comunhão com a natureza seja uma realidade, para fomentar uma dinâmica de grupo estrita, para trabalhar em residência num ambiente rural.
Diversificar e descentralizar a oferta cultural.
Desenvolver acções e formações que contribuam para a qualificação dos profissionais do sector artístico.

For the creation in communion with nature is a reality, to foster a dynamic group strictly for work in residence in a rural environment.
Diversify and decentralize the cultural offer.
Develop training activities and contributing to the qualifications for the arts.


4. A QUEM? To whom?

Este espaço destina-se a profissionais das diferentes áreas artísticas, entidades ou criadores independentes, portugueses e estrangeiros.
Pode também excepcionalmente receber projectos de formação para público em geral e para crianças

This space is intended for professionals from different artistic areas, groups or independent creators, Portuguese and aliens.
You can also receive exceptional training projects for the general public and for children


5.COMO?How?

Para a candidatura deverão constar os seguintes elementos:

- C.V. do artista

- Portfolio, vídeos, imagens…

- Descrição do projecto a desenvolver no ARTErra, onde constem os objectivos do projecto, necessidades e expectativas da residência e todos os pormenores necessários á compreensão da proposta.

- Datas e Duração da residência pretendidos (minimo 2 dias,máximo 6 meses)

- Detalhes (necessidade de refeições, especificidades do trabalho, nº de pessoas, informações suplementares relevantes ao processo de trabalho)

The application must contain the following elements:


- C.V. artist
- Portfolio, videos, photos ...
- Description of the project to be undertaken ARTERRA out, including the project's objectives, needs and expectations of residence and all the details necessary to understanding the proposal.
- Dates and Duration of residence
- Details (need for meals, work characteristics, number of persons, additional information relevant to the work process)



6. ONDE? Where?


Esta estrutura situa-se numa aldeia no concelho de Tondela, distrito de Viseu. (PORTUGAL)

Morada:Address
R.Nossa Srª. do Crasto,Nº380
Lobão da Beira
3460-207Tondela

MAIL:arterra.geral@gmail.com

SITE:http://arterra.weebly.com/

Tlm-(351)963779054

Está a 2h30 de carro de Lisboa, 1h do Porto e Aveiro, 45m de Coimbra e 15m de Viseu.


Coordenadas:
Latitude: 40°31'15.86"NLongitude: 8° 1'57.64"W